Arroz Doce de Especiarias (vegan e s/glúten ou açúcar refinado)

diospiro simples saudavel arroz doce especiarias

Este arroz doce com algumas das especiarias típicas das sobremesas Orientais é 100% vegan, não contém açúcar refinado, nem glúten, mas mais que isso, é a prova de que o meu coração e desejo de um docinho viajaram de repente de volta à India, onde há alguns anos passei umas temporadas <3 Acordei a sonhar com novas viagens e tenho que admitir que mal posso esperar por estar 'a caminho' outra vez. Já passou muito tempo desde a última vez que voei para bem longe, tempo de mais para estas asas que teimam em não se cansar ;)

Voltando ao arroz, andava à procura de uma versão menos nociva de alguns doces natalícios portugueses. Confesso até que recorri à mestra D. Alice, que há tantos anos cozinha na nossa família, para descobrir todos os seus segredos ‘de mão cheia’ no que diz respeito às sobremesas da estação.

Mas como adoro sabores novos e diferentes, muitas vezes vindos de outras culturas, não resisti a dar largas à imaginação e experimentar algumas das especiarias que fazem de alguns doces Indianos um verdadeiro manjar de...bom, muitos deuses ;)

O resultado é uma delícia tão reconfortante - física e emocionalmente - especialmente se servido quente, que desde que o fiz, o tenho comido mesmo até ao pequeno almoço! Quem se deixa levar pela tentação de o experimentar?

Se cair nesta tentação, conte-nos tudo deixando um comentário abaixo ou publicando uma fotografia no Instagram com o tag #diospirorecipes. Seguiu a receita ‘à risca’, ou deu asas à criatividade? E se sim, como a alterou? Adoraríamos saber tim tim por tim tim ;)

Autor: diospiro
Alimentação: Vegan, Sem Lactose, Sem Glúten, Sem Açúcar Refinado
Para: 4 pessoas
Preparação: 5’  |  Cozedura: 12-14’ |  Total: 20’

Sugiro que leia a receita do início ao fim uma primeira vez e só depois comece a preparação! Assim não surgirão surpresas ou falta de ingredientes ou material de cozinha a meio ;) Divirta-se!

Ingredientes:
• 1 chávena de Arroz Carolino
• 2.5 chávenas de Água de Nascente ou filtrada
• 3 chávenas de Leite de Côco
• 7 colheres de sopa de Açúcar de Côco (ou Rapadura, ou Açúcar Mascavado Integral)
• 1 ‘polegar’ de Gengibre fresco
• 3 ‘lascas’ de Casca de Limão
• 1 colher de Sopa de Extrato de Baunilha
• 20 vagens de Cardamomo (ou 1 colher de sopa de Cardamomo em Pó)
• 2 colheres de café de Curcuma em Pó
• pitada de Noz Moscada em Pó
• 2 colheres de sopa rasas de Canela em Pó
• pitada de Pimenta Preta
opcional: Pau de Canela (para decorar)

* opcional: 1 chávena de chá Earl Grey bem forte - O chá Earl Grey dá ao arroz um toque ainda mais aromático. No caso de querer usar o chá na receita, utilize apenas 1.5 chávenas de água no arroz e substitua a terceira por uma chávena de chá bem forte. Para isso o arroz passa a ser cozido em água e chá em vez de só água.

Utensílios
• faca
• ralador
• 2 tachos médios
• chávenas medidoras
• colheres

Preparação
Gosto sempre de ter todos os ingredientes que vou utilizar à mão, por isso o primeiro passo é sempre ler a receita do início ao fim e pôr de lado tudo aquilo que vou utilizar, dos ingredientes ao material de cozinha. Se estiver a fazer a opção com chá Earl Grey, ferva primeiro água e deixe abrir o chá enquanto prepara os restantes ingredientes.

• Num tacho médio colocar o arroz, a água (ou água e chá para a opção com Earl Grey), 5 colheres de açúcar de côco (ou mascavado ou outro) e a casca de limão.
• Ralar o gengibre, juntar ao arroz e levar a lume alto.
• Quando levantar fervura, baixar para o mínimo e cobrir (levará 10-12 minutos a cozer).
• Noutro tacho colocar o leite de côco, o restante açúcar, duas colheres de sopa de canela em pó, duas colheres de café de curcuma em pó, uma pitada de Pimenta Preta, uma colher de sopa de extrato de baunilha, 20 vagens de cardamomo (ou 1 colher de sopa de cardamomo em pó) e a noz moscada.
• Levar a lume médio e mexer enquanto o arroz coze.
• Quando o arroz estiver tenro, juntar o leite (bem quente) ao arroz e mexer devagar para não desfazer demasiadamente o arroz.
• Colocar em travessa e decorar com pau de canela ou servir em taças individuais. É delicioso se servido quente, mas caso não seja possível, é não menos agradável frio.

Notas
Dura cerca de 3 dias no frigorífico. Se desejar re-aquecer, pode juntar um pouco mais de leite de côco.

Gostaria de receber todos os nossos conteúdos por email, juntamente com o nosso ebook gratuito de Sumos & Batidos? Subscreva a nossa newsletter aqui!

Siga-nos também no Facebook, Instagram e Twitter!